Junior revela como foi gravar os novos clipes: ‘Maior loucura que já fiz’ – Gossip Time
Siga o EGOBrazil nas Rede Sociais

Musica & Youtube

Junior revela como foi gravar os novos clipes: ‘Maior loucura que já fiz’

Publicado a

em

O cantor e músico Junior lançou os seis primeiros clipes de sua carreira solo nas redes sociais e encantou os fãs com a produção e suas novas coreografias. Ele preparou projetos audiovisuais para as canções De Volta Para Casa, Sou, Tentando Acertar, Passar dos Danos, Gatilho, e Paraquedas, e todos foram gravados em apenas dois dias. Nos vídeos, chamados de ‘Solo – Sessions Vol. 1’, ele aparece dançando muito e cantando ao lado de sua banda e bailarinos.

O lançamento dos vídeos faz parte das ações do início da carreira solo dele, que divulgou as 10 primeiras músicas há poucos dias. Antes disso, ele contou ao site Caras sobre como foi a gravação dos clipes.

“Foi muito gostoso. Eu estava há tanto tempo querendo finalizar e botar esse disco no mundo que foi o primeiro passo da sensação de: ‘está concretizando’. Agora, a gente vai ter imagem para o som. Era o último passo dessa construção, desse primeiro trabalho. Foi bem puxado porque foram seis clipes em dois dias. Foi a maior loucura que eu já fiz. Nunca, na minha vida, em 30 e tantos anos de carreira, me arrisquei a fazer uma parada assim, mas eu senti que dava e de fato deu. A gente conseguiu gravar um conteúdo bem massa, mas foi tudo noturna. Foram duas madrugadas bem puxadas, de acabar 5h30 da manhã. Foi intenso, mas foi muito prazeroso porque foi regado pelo sentimento de agora vai, é reta final. Para mim, o principal sentimento foi essa alegria de estar prestes a lançar tudo”, afirmou ele.

Junior - Foto: Breno Galtier

Junior – Foto: Breno Galtier

Ao ser questionado sobre como foi se ver dançando de novo, ele contou que a alegria de retomar as coreografias surgiu ainda em 2019, durante a turnê Nossa História, que celebrou os 30 anos da dupla Sandy e Junior. “Gostei de me ver dançando de novo já na turnê de 2019. Ali, para mim, já ficou claro que se eu resolvesse fazer o meu projeto solo, seria pop e teria dança. Isso era um sentimento muito vivo em mim, muito claro. Então foi gostoso, foi desafiador. Fase nova, sonoridade nova, movimentos novos de coreografia, de corpo, de coisas que não necessariamente eu tinha desenvolvido na minha experiência com dança, mas que, queira ou não, se torna possível, porque tendo uma experiência corporal. Sabendo dançar, você meio que vai se adaptando e tudo mais. Foi desafiador, foi muito rápido. [Quando viu que era a hora de gravar os clipes] Daqui duas semanas é o clipe, hora de ensaiar, para todo o resto da vida, cinco horas de ensaio, você volta suado, dolorido, é intenso, mas muito prazeroso e gostoso”, afirmou.

Ainda na entrevista para a Caras, Junior contou sobre como surgiu o desejo de seguir a carreira solo. Ele disse que tudo começou lá em 2019, quando se dedicou à Turnê Nossa História, que foi a celebração pelos 30 anos da dupla Sandy e Junior. “Veio muito na turnê em 2019 com a minha irmã, acho que foi muito revelador para mim. Sinto que a turnê fez ficar muito claro para mim o quanto estava fazendo falta algumas coisas que eu vivi ali, que eu tinha deixado de viver nos meus outros projetos, de me ver nesse ambiente, no palco, com banda, com meus instrumentos, com amplificador, me ver com o microfone ali na frente, dançando. Inclusive, o lance da dança eu senti um prazer que eu não imaginava que ia sentir ali sabe. Me veio um sentimento de: ‘eu sou isso, na verdade’”, afirmou ele.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Tiago Ghidotti

Continue Lendo

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados - Parceiro de Conteúdo do EGOBrazil